Cosplay barato? Sim é possível!

08:21 Iaina Estrela 1 Comments

Hoje quero desmistificar o conceito de que cosplay tem que ser necessariamente caro. Quem vai pegando gosto pelo hobby, começa a elevar o nível da coisa e quer testar materiais, técnicas diferentes, cosplays mais complicados... ai eh claro que o valor vai subindo, mas mesmo assim existe formas de você baratear o processo de produção.


1- Peça ajuda.
Amigo e família serve nessas horas também, use sua melhor cara de pau e peça pra sua avó ou tia pra costurar uma peça pra você, seu pai tem um conhecido que sabe mexer com fibra de vidro, ele pode fazer um trabalho mais barato, ou seu padrinho gosta de marcenaria e tem algumas ferramentas em casa, não tenha medo de pedir ajuda de conhecidos, até porque cosplay é um assunto que profissionais estranham e
olhan torto, demoram pra absorver, entender e aceitar o que você quer fazer. Com conhecidos você vai ficar mais a vontade pra explicar o que precisa e eles podem acabar se divertindo um pouco também.

2- Pesquise preço
DE TUDO, de tecido a miçanga  pela diferença de 10 metros de distancia de uma loja para a outra você pode encontrar um produto mais barato.
Faça o planejamento do cosplay com antecedência e tenha noção de quanto mais ou menos irá gastar para não ter surpresas.
Pesquise na internet também e compre com bastante antecedência para dar tempo dos produtos chegarem, principalmente perucas e lentes que acabam sempre sendo mais baratas online (e sabemos como o correio brasileiro eh eficiente). Eh uma vantagem ter paypal ou um cartão internacional nessas horas.
Nunca deixe de dar uma olhada no ebay.
Bom lugar para se encontrar perucas, replicas de acessórios e sapatos.
Procure vendedores com bom feedback (com medalhinha) ou com indicação de amigos.

3- Defina o material mais adequado
Quer fazer a armadura de fibra de vidro! Já pensou que talvez o EVA tenha um melhor efeito neste caso? Avalie o peso final, o nível de detalhe do objeto, o acabamento que talvez o material "mais bonito" e mais caro vai acabar produzindo e mesmo efeito que você teria com o mais barato.
Nem sempre a melhor solução é a mais cara. Pesquise tutoriais e leia sobre o material que está procurando usar, avalie resistencia a água e fixação da tinta caso queira usar o cosplay varias vezes.

4- Veja o que você pode reaproveitar
Mexa nos cosplay antigos, é uma peruca que é só mudar o corte, um acessório que só tem a necessidade de adicionar algum detalhe, ou até uma peça de roupa sua que pode ser modificada. Sempre se tem sobra de tecidos e materiais de produções anteriores ou até de trabalhos da escola.

5- Use a criatividade
Tudo que você tem em casa pode servir como material, embalagem de produto, vassoura, resto de tubo de pvc, bijuteria velha, caixa de papelão, pense e seja criativo e você pode encontrar muita coisa dentro de casa.

cospobres são o cúmulo da criatividade com materiais

6- Bote a mão na massa!
Não terceirize tudo, tente fazer você mesmo. Use e abuse de tutoriais na internet, você encontra desde "como trabalhar com EVA" até "como fazer a presilha de cabelo do personagem y do anime x". Não deu certo com um, tente outro, faça um prototipo , peça ajuda a alguém que já sabe ou tenha mais habilidade com trabalhos manuais. Se encomendar tudo ou comprar pela internet, qual terá sido a graça de montar o cosplay?

Um comentário:

  1. Legal fazer tudo, procurar, por em prática as idéias, eu mesma, o primeiro cosplay que fiz, (nem é para mim, para minha filha pequena) eu fiz sozinha, com a ajuda de minha sogra costurando o vestido, e ficou perfeito! Obs.: Economizei muito comprando a peruca e orelhas no ebay.

    ResponderExcluir