SakuraCon (parte 02) - Cosplays

03:37 Iaina Estrela 1 Comments

Momento cosplay no SakuraCon. Adorei a oportunidade de observar como o hobby é tratado em um outro lugar e vou tentar passar tudo que vi para vocês. Antes...um pouquinho do que eu vi com uma qualidade mais profissional XD



Para começar: quem está de cosplay? Praticamente metade do evento, a proporção de cosplayers para visitantes usando roupas comuns é muito maior, e se não estiver de cosplay está de lolita, furry, steampunk, todo mundo usando a oportunidade para o usar o que mais gosta.





Provavelmente pelo fato das convenções acontecerem por aqui a mais tempo, eu vi muitas familias de cosplay, e até carrinhos de bebê rodando o evento. O espaço tinha acessibilidade para deficientes e achei sensacional quando vi cadeirantes de cosplay.

Por aqui vi o hobby ser mais tratado como diversão, muitos cosplays de alto nível de dificuldade passeando no evento e tirando fotos, e isso é tudo que eles querem, serem reconhecidos e tirar fotos, a competição apesar de uma atração bem esperada, não é o foco ao contrario do Brasil em que muitos estão focados nos prêmios. A grande atração dos eventos são os artistas internacionais, e se quer ver cosplay bom, a melhor opção é rodar o evento.






Uma vez tendo dito que grande parte dos cosplayers estão nos corredores, a competição não fica por baixo não. As melhores surpresas ficam para o palco, mas as regras funcionam de uma outra forma. Tive a oportunidade de conversar com os juízes (muito simpáticos e atenciosos) que me explicaram todo o funcionamento do concurso, que teve o nível de participação um pouco prejudicado porque o evento aconteceu no mesmo final de semana que a final do WCS, mas mesmo com poucos inscritos valeu a pena assistir as performances.


A inscrição do concurso cosplay é realizada previamente pela internet com 20 vagas a serem preenchidas. Na inscrição você seleciona a categoria em que irá participar:

  • Novice - nunca participou de concurso antes
  • Journey - já participou de pelo menos de um concurso
  • Master - participou de dois ou mais concursos, ou já ganhou algum título

sendo que os juízes podem mover você de categoria se acharem que você se inscreveu em um nível mais baixo ou mais alto do que o apropriado. A inscrição requerem também um audio para sua apresentação, imagens de referencia do personagem, e material auxiliar que desejar, como fotos de como uma peça foi produzida ou comentários sobre algo que fez. Você pode se inscrever como individual ou como grupo (de no máximo 7 pessoas), mesmo inscrito como grupo todos os integrates serão sendo avaliados individualmente e como grupo. Ao terminar você recebe um horário para ser avaliado. Você (ou seu grupo) tem que comparecer nesse horário na sala dos juizes no primeiro dia de evento.
vencedores da categoria grupo novice saindo da avaliacão

vencedores do grupo journey

juizes ralando no dia de avaliação

Os juizes passam o primeiro dia inteiro avaliando, falando com cada cosplayer, é algo como se houvesse um vira-vira para o concurso regular. Para quem não sabe, o vira-vira é como é chamada a avaliação do cosplay nas competições como YCC, o cosplayer se apresenta aos juizes em uma sala privada onde eles analisam o cosplay de perto, fazem perguntas sobre como é feito e fazem comparações com as imagens de referência. O esquema no SakuraCon era bem semelhante, só que eram em uma espaço com cadeiras de espera para os cosplayers que estavam esperando sua vez e uma mesa com 3 juizes munidos de leptop e ipad fazendo todo tipo de pergunta que você possa imaginar. Mas as converas eram bem descontraidas, pareciam que eram um visitante fazendo perguntas sobre a construção do cosplay no corredor, perguntam como fez, se costurou, se tem alguma coisa comprada (eles não aceitam que nada seja comprado na categoria Master), se teve ajuda, o que achou mais difícil fazer, eles gostam de ver fotos de como algo foi feito também e discutir sobre saídas para a produção de uma peça e tirar dúvidas dos cosplayers...no final das contas a avaliação vale como troca de experiência e incentivo para os novatos.

juízes também podem usar cosplay

Depois da tarde inteira avaliando cosplayers, os juízes se juntam para somar os resultados. No dia seguinte os cosplayers usarão o mesmo cosplay para irem ao palco, não tem nota de interpretação, o concurso aberto ao público acaba sendo somente pelo show, para o público observar e tirar fotos. O apresentador diz o nome e o personagem do cosplayer, faz uma pequena introdução a historia do personagem, o cosplayer entra, desfila , faz pose ou uma pequena encenação e sai, exatamente como foi ensaiado pela manhã (sim...eles tem ensaio para o concurso regular).
No início do concurso o resultado já está definido e ninguém precisa esperar no final para saber qual é. Os juízes disseram que trocaram para este formato porque eles não tinham tempo o suficiente para olhar os cosplays da forma merecida durante um desfile, o tempo para fazer anotações dependia do quão rápido o cosplay caminhava, e não tinham a oportunidade de olhar detalhes, muitas vezes não viam mecanismos como armaduras articuláveis, acessórios que se movimentavam ou eram acionados de alguma forma, leeds ofuscados pela luz do palco, cuidados de acabamento como pintura e costura, detalhes que acabam valorizando a construção de um cosplay. A mudança de formato também favoreceu o nível do concurso, com um dia só de competição o cosplayer se foca em fazer um cosplay melhor que todos que já fez antes , e usa outros somente para diversão ou os skits (falo já sobre este).

A premiação não tem segundo nem terceiro lugar, somente o vencedor é anunciado: o melhor individual e grupo de cada categoria (novice, journey and master) sendo que um componente de um grupo pode ganhar como melhor individual; o melhor do show grupo e individual (nesse prêmios todos de todas as categorias concorrem), melhor cosplay original (personagem criado pelo cosplayer), e a escolha dos juízes (esse prêmio normalmente vai para alguém que inovou na forma de construir alguma coisa ou impressionou em algum aspecto).

Vencedor da categoria master e escolha dos juízes (o capacete era acionado por pressão no tórax, a lateral abria e era possível ver engrenagens se movendo na parte interna).

Ela se inscreveu na categoria novice; por causa da altissima qualidade do 
cosplay foi movida para  a categora masters e ganhou o prêmio de melhor do show.
Eu vi cada costura de perto e estava realmente impressionante O.O


Bem...e como fica a interpretação? Para isso tem os skits! São igualzinhos as nossas apresentações livres e tradicionais, só que tudo misturado, não importa se é individual livre ou grupo tradicional, você está alí pelo show.



Os skits acontecem no inicio da tarde, beeeeem longe do concurso cosplay que acontece pela noite, dando a oportunidade do cosplayer se apresentar duas vezes inclusive com cosplays diferentes. Para essa atração eles também tem ensaios, e a avaliação é feita na hora, e neste o entretenimento está valendo mais. Os prêmios vão para o melhor de cada categoria (novice, journey, master), melhor original (que seria o melhor tradicional), melhor comédia, melhor drama, melhor dança, e o melhor do show. Enquanto se espera o resultado, o grande telão no fundo do palco foi usando para passar os melhores AMVs que eu já vi (detalhe: eu não gosto de AMVs), manteve todo o público entretido e dando muita risada durante os 15 min em que o resultado foi calculado.


o inicio é meio devagar mas fica divertido ^^ 
ganhou o prêmio de melhor comédia

Acho muito bom o formato deles, sinceramente...acho melhor que o brasileiro, mas como já estamos mal acostumados a fazer um cosplay para cada dia para apresentar em todas as categorias pra querer ganhar todos os prêmios do evento, esse formato não funcionaria (no mínimo causaria a fúria e indignação de várias crianças). Mas com certeza podemos aprender algumas coisas com ele.
Espero que tenham gostado do post e terá mais um na semana que vem ;] Deixo mais um video showcase do evento


Veja mais sobre o evento:
Parte 1: http://cosplaypost.blogspot.ca/2013/04/perdida-nos-eua-review-sakuracon-2013.html
Parte 3: http://cosplaypost.blogspot.ca/2013/05/sakuracon-parte-03-o-que-foi-novo.html

Um comentário:

  1. Que bacana você contar sobre as competições internacionais!
    Eu não conhecia a forma como os concursos eram divididos, mas achei muito interessante.
    Seria muito bacana se isso acontecesse no Brasil, mas a maioria dos concursos é tão bagunçada por aqui X_X
    Eu adoro esses vídeos com cosplayers que eles fazem nos eventos <3

    ResponderExcluir