Cosplayers vs público vs juízes

02:04 Iaina Estrela 10 Comments

Dia de evento e a batalha começa, público vaia o cosplayer, o cosplayer reclama dos juízes que por sua vez reclama dos cosplayers estressados pela falta de educação do público.
Este final de semana aconteceu o evento da minha cidade e não precisou muito tempo para aparecer os irritados, os desapontados, as palavras de ofensa e ataques sobre o sempre polêmico resultado cosplay.



Primeiro gostaria de falar com o público:
EDUCAÇAO é bom em qualquer lugar. Pelo amor de deus crianças...pai e mãe não ensinou que vaiar é feio?  Não gostou da apresentação? Silêncio é matador! O cosplayer vai entender que não foi bem com o silêncio da platéia e sair do palco na paz de deus, causar constrangimento é totalmente desnecessário.

Silêncio também é minha indicação se sua intenção é ofender, se não tem nada de bom pra falar FIQUE CALADO.

Brincadeiras e piadinhas fazem a diversão do evento, e a hora do concurso é a melhor hora pra conseguir espalhar a piada. Por favor, bom senso do onde termina a brincadeira e onde começa a ofensa. Sua intenção é ser uma pessoa engraçada... não desagradável. O mesmo vale para os corredores e as brincadeiras de conteúdo de duplo sentido... respeito.

Cosplayer é um objeto muitas vezes delicado. Você não tem o direito de pegar a espada pra brincar, cutucar a peruca ou botar a mão em um acessório sem permissão, muito menos se achar no direito de quebrar, a fantasia não é sua! Alguém estranho pega seu boné ou puxa sua camisa na rua pra olhar? Não né?! O mesmo se aplica ao cosplay. Peça permissão e tenha cuidado.



Este vale para público e cosplayers.
Uma pausa para lembrar a todas as crianças a aula de matemática da escola: probabilidade.
Se o concurso de um evento tem 5 categorias (desfile, individual livre, individual tradicional, grupo livre e grupo tradicional) e evento tem 2 dias, quem tem mais probabilidade de ganhar mais prêmios? O cosplayer que participou do desfile um dia ou o cosplayer que participou de todas as categorias todos os  dois dias? Então vamos parar com a chorumela de que tem gente limpando a mesa de prêmios...antes o alvo era eu, eu saí... ano passado apareceram novos potenciais que se concretizaram este ano...pronto, o público achou o seu novo alvo. Em vez de reclamar...suba no palco e faça melhor, cada categoria tem requisitos e pesos para habilidades diferentes. Se uma única pessoa está ganhando tudo é porquê ela entendeu como cobrir todas estas habilidades, botou a cara a tapa e participou de tudo.

Resultados...quantas mil vezes já vi gente gritando que o concurso foi roubado, que x ou y foi uma merda, que z não mereceu ou ganhou porque era amiguinho de alguém. Amores espero que você esteja reclamando com bons argumentos e que tenha no mínimo lido as regras (o que geralmente o público em geral não faz) porque avaliação feito somente baseado no seu gosto pessoal não conta ponto. Este tipo de comentário é uma desvalorização e desrespeito ao trabalho dos juízes e do cosplayer premiado. Aos insatisfeitos a opção que você tem é perguntar aos juízes o por que do resultado ou o que você pode melhorar (e saiba que eles respondem se eles quiserem), a final eles estão alí para analizar e pegar os erros que você não teve condições de notar e consertar...logo é totalmente compreensível que você não saiba porque tomou a nota baixa, mas procure saber ao invés de atacar.
Cosplayer, se não conseguir falar com um juiz, pergunte a um cosplayer mais experiente no que você poderia melhorar. Não coma pilha de fã ou de gente que não tem noção do que está falando e está somente babando ovo.

Quem reclama de panelinha sem argumento sólido precisa é de um bom tapão na orelha.

Cosplayers:
LEIAM AS REGRAS!!!!! Do evento e do concurso. Não atazanem o juízo dos staffs reclamando que não tem guarda volume ou que acabaram as vagas. O mapa do evento, horário de inscrições e quantidade de vagas foram previamente anunciadas. Não chore se chegou atrasado.
Extras como espaço cosplay, ar condicionado, entrada prioritária etc são mimos do evento: é bom que incentiva os cosplayers, a final todos sabemos que não é um hobby que te deixa muito confortável; mas não é obrigação do evento te dar refresco, e lembre-se que o que foi disponibilizado é para todos. Se não está usando libere o espaço para quem precisa.
Eh comum (e geralmente está nas regras) que se você não se inscreveu no concurso você não pode usar estes espaços. Estar de cosplay não faz de você uma pessoa melhor que ninguém ou especial dentro do evento. Obedeça as regras sem estrelismo.



Quanto aos juízes eu não tenho o que falar... seria meio idiota aconselhar o que é o básico da função de um juíz (ser justo, imparcial e seguir as regras). Gostaria só de lembrar que estas pessoas estão alí o dia todo trabalhando, analizando, escutando reclamação, e eles são humanos, podem estar chateados, de mau humor e cansados. Algumas vezes eles serão abertos e receptivos, alguns preferem não interagir pra não complicar as coisas, e como disse...são humanos, cada um com sua personalidade e tolerância. Irregularidades devem ser comunicadas e solucionadas imediatamente. Justificativa de alguma nota eles falam se quiser, eles são a autoridade no concurso... respeite isso.

Avaliando uma armadura vs uma school girl...muita gente diz que não tem chance.
Mera ignorância.
MAS COMO ASSIM AQUELA COISA LINDA CHEIA DE DETALHE PERDEU PRA UMA ROUPA DE ESCOLAR?!!?


A palavra chave está no "detalhe". Quanto maior a dificuldade maior a probabilidade de você cometer erros. O público nunca para pra ver que faltou uma peça alí no canto, ou que dava pra ver o velcron da roupa, que o cosplayer fez os acessórios do lado errado, que dava pra ver que a pessoa tava de jeans por baixo da armadura, e outros diversos erros que ficam escondidos pela nostalgia de ver aquele personagem esteticamente lindo e teoricamente impossível de ser reproduzido andando no palco. O juiz tem 30 segundo pra pegar todos os erros, não pode de deixar levar pela nostalgia.
Do mesmo jeito que maior a complexidade maior a probabilidade de erro, quanto mais simples mais fácil se chegar a perfeição, e mais rígido ainda você tem que ser com os detalhes para compensar a vantagem sobre o nível de dificuldade que o outro cosplayer tem. Se o cos está simples você tem que ter cada costura no lugar certo...e isso é algo a ser valorizado tanto quando a grande armadura ornamentada.

"As pessoas não se conformam quando vêem cosplays esteticamente fodas perderem para cosplays não tão esteticamente fodas. Esquecem que concurso é interpretação, sintonia, cenário, etc, e que, acima de tudo, cada dupla concorre contra si mesma, contra ser o seu personagem perfeitamente. Não se compara o esforço para construir dois cosplays totalmente distintos, mas a perfeição de cada um com o personagem original." (retirado do facebook, comentário da cosplayer Michelle Gomez)

Preciso dizer mais alguma coisa?
Então vamos parar a confusão e focar em produzir um bom show?

10 comentários:

  1. Eu tenho que admitir que em parte por conta desse post a carapuça serviu, e ainda mais por que foi eventualmente com você srta. Iaina. Que reviravolta do destino não?Eu realmente revi meus conceitos e peço perdão por que em outras épocas no meu intimo eu já julguei o seu e inúmeros cosplayers só no fator estrutura. Ainda bem que com seu post e outros exemplos pude mudar esse conceito.

    ResponderExcluir
  2. A explicação do detalhe não justifica muita coisa não acho que uma série de fatores contribuem pro cosplay X ser melhor que o Y... se for assim então quer dizer que se o cara fizer cosplay de planck (du dudu e edu) e deitar no palco por 2 minutos ele vai ganhar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, o concurso tem diversos fatores que influenciam...e é isso que está exposto no comentario em italico no final do texto, achei que a frase foi simples e falou tudo , entao não achei necessidade de me alonga no topico ate dá material pra uma postagem inteiro só pra isso.

      Excluir
  3. Tem diversos pontos válidos sim, mas seria bom ressaltar que nessa edição do anipólitan diversas vezes as regras foram descumpridas, horários atrasados, inscrições começaram adiantadas (e portanto, as vagas acabaram mais cedo) e uma juíza mal educada e grosseira com os cosplayers. Além disso, não havia cadeiras no evento, o calor era terrível, a água custava 3,00, o salgado em alguns lugares era 7,00. Tudo superfaturado, exploração msm. O vira vira acontece bastante tempo depois das inscrições, quando o cosplayer já está suado, com maquiagem derretida e peruca embaraçada, ao invés de acontecer logo na inscrição. Então, pelo menos pra mim, não tem nada a ver com os resultados, mas com o evento mesmo. Ah, e divulgar os juízes e o que eles tem pra serem juízes também era uma boa, o nome disso é transparência. Sem falar do espaço cosplay, pequeno e lotado, que ficou sem funcionar a tarde quase toda por conta de um curto-circuito. Eu cheguei em casa no fim do dia destruída, com peruca embaraçada, quase sem maquiagem, pés doloridos. Acho que o problema maior é a falta de respeito mesmo, porque a corda sempre arrebenta do lado dos cosplayers.

    ResponderExcluir
  4. Vou postar só uma das regras do WCS pra esse blá blá blá de cosplay simples ganhar de cosplays cheios de detalhes...
    6.03> Cosplay: acabamento da fantasia e se é manufaturada e/ou customizada, similaridade aos trajes originais do personagem, riqueza de acessórios e detalhes.
    Se o cosplay não tem riqueza de acessórios e detalhes... muito provavelmente ele irá tirar uma nota baixa e vamos ser racionais ninguem aqui ta falando de um cosplay de colegial contra um cosplay de Gundan Wings de papelão com seus detalhes de caneta BIC... ninguem é idiota... então detalhes e acessórios contam e contam muito e é por isso que os cosplays do WCS de verdade tem muito disso... agora é claro cada campeonato tem as suas regras e concordo 100% com o comentário ali os cosplayers deveriam sim exigir transparência nos julgamentos inclusive nas notas.

    ResponderExcluir
  5. Os juízes do anipolitan não foram divulgados esse ano por falta de comunicação com os apresentadores. As 3 são as mesmas a 3 edições do anipolitan, dois Bon Odoris (nesse ultimo mudou apenas um juis) e no Gamepolitan. Sendo q dessas, uma foi juiza em 2005 e 2006. Todas são cosplayers desde de 2004. O espaço ficou apenas 45 minutos fechado em decorrencia do curto circuito no sistema eletrico da sala.

    ResponderExcluir
  6. Ok, argumentos aceitos...
    ...se as notas de todos os eventos, fossem liberadas para o publico.

    Aew veriamos se aquela pessoa que tambem tinha detalhes erradas, ou se ela nao levou nota baixa, pq é amiga , parente, dos juizes.
    pq o anipolitan nao divulga suas notas?

    Perguntar nao ofende...

    ResponderExcluir
  7. Acho que algumas coisas dever ser levadas em consideração além do fato de cosplayer ficar fazendo "mimimi". É a questão de chegarem e falar que os cosplayers de um determinado lugar não tem condições de participar do WCS e depois ficar correndo atrás de incritos... E quanto ao WCS em si... Do que adianta a dupla de matar se existe apadrinhamento? Se vai ganhar a dupla que conhece os juizes. Acho que juizes de concurso cosplay deveria ser rotativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de saber de onde e com que fundamentos você diz que existe apadrinhamento. Argumente com fatos e não achismo. Quanto mais velho você fica no hobby, mais você acaba conhecendo cada alma que participa de competição...se conhecer juiz ganhasse competição e nunca teria perdido uma na minha vida...com exceção da minha primeira competição na qual eu não conhecia ninguém (mas pera aí...essa eu ganhei...se eu tivesse padrinho será que eu ganharia bonus?).

      Excluir
  8. WCS existe apadrinhamentos? Cara, olha Diemer e o outro malandro, Olha mãozinha e o outro malandro.. duplas totalmente de fora do circuito que levaram a vaga com honra de terem feito melhor que os outros. Em um concurso, vence quem foi o melhor. Muitas vezes as pessoas se esforçam tão ou mais que os ganhadores, mas não tiveram a mesma criatividade ou competência que os que venceram. Se venceu é por que merece, independente da SUA opinião.

    ResponderExcluir